BOA PRÁTICA: Guia dietético dos EUA incita pessoas a comer menos açúcar e carne vermelha

(Arquivo) O acréscimo de açúcar nos alimentos deve representar menos de 10% das calorias diárias, segundo um guia dietético publicado nesta quinta-feira pelo governo dos Estados Unidos, que pela primeira vez estabeleceu limites específicos para o consumo de doces

O acréscimo de açúcar nos alimentos deve representar menos de 10% das calorias diárias, segundo um guia dietético publicado nesta quinta-feira pelo governo dos Estados Unidos, que pela primeira vez estabeleceu limites específicos para o consumo de doces

O acréscimo de açúcar nos alimentos deve representar menos de 10% das calorias diárias, segundo um guia dietético publicado nesta quinta-feira pelo governo dos Estados Unidos, que pela primeira vez estabeleceu limites específicos para o consumo de doces.

As gorduras saturadas também devem totalizar menos de 10% da ingestão diária de alimentos, estabelecem as diretrizes 2015-2020, que o Departamento de Saúde e Serviços Humanos lança a cada cinco anos.

Grupos de consumidores saudaram a publicação do guia como um passo importante num país onde mais de um terço da população adulta – cerca de 79 milhões de pessoas – é obesa.

As normas seguem as recomendações formuladas por um Comitê Consultivo, que em fevereiro passado pediu uma redução no consumo de carne vermelha, mas se ocupa menos da ingestão de colesterol do que nos últimos anos.

As normas dietéticas 2015-2020 não contêm conselhos para limitar o colesterol dos ovos em suas “recomendações chave”, que convidou a população a consumir alimentos com “o menor nível possível de colesterol no marco de um padrão saudável de alimentação”.

Comer menos carne vermelha está ligado a um risco menor de doenças cardíacas e acidentes vasculares cerebrais, assim como de obesidade, diabetes tipo 2 e alguns tipos de câncer, aponta o guia.

Também recomenda um estilo de vida saudável, que inclui exercícios regulares e uma dieta baseada em verduras e grãos integrais.

“Os conselhos incluídos nas diretrizes dietéticas de 2015 para os norte-americanos são saudáveis, razoáveis e têm bases científicas”, disse Michael Jacobson, presidente do Center for Science in the Public Interest. https://br.noticias.yahoo.com/guia-diet%C3%A9tico-dos-eua-incita-pessoas-comer-a%C3%A7%C3%BAcar-180518612–sector.html?nhp=1

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s