Zika: cientista que pode ter infectado mulher defende pesquisa sobre contágio sexual

Brian Foy contraiu vírus em viagem à África em 2008 e argumenta que Aedes aegypti não foi responsável por transmissão para esposa nos EUA.

Fernando DuarteDa BBC Brasil em Londres

 O americano contraiu o vírus na África, em 2008  (Foto: Brian Foy/Arquivo pessoal)O americano contraiu o vírus na África, em 2008 (Foto: Brian Foy/Arquivo pessoal)

Buscas na internet sobre o vírus zika invariavelmente mencionam a epidemia no Brasil e a possível conexão com os casos de microcefalia em 21 Estados do país. Vez ou outra, porém, surge o nome do americano Brian Foy, cuja relevância é bem maior do que a ocorrência de resultados indica.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s