VAMOS BOTAR COLÍRIO NOS OLHOS – SÓ FALAR DAS “MEROPÉIAS” DO BRASIL, CANSA – Luana Piovani é apresentada como capa de estreia da nova ‘Playboy’

<p>Após uma série de especulações, Luana Piovani foi oficialmente apresentada como a primeira capa da nova ‘Playboy’ Brasil durante uma coletiva de imprensa no Teatro Eva Herz, em São Paulo, na tarde desta quinta-feira (4). A atriz chegou ao local por volta das 15h30 usando orelhas de coelhinha – com as quais já havia posado no aeroporto e postado em seu perfil do Instagram.</p><p>Sobre o novo trabalho, Luana contou que estava muito animada. “Estou muito feliz, eufórica. Graças a Deus na minha vida profissional faço só o que gosto e porque quero. Sempre tive opção firme de trabalhar com o que me dá prazer. Se não tiver prazer, eu como artista não consigo criar. Estou aqui porque estou feliz”.</p><p>Luana contou por que decidiu aceitar o convite da revista, uma vez recusado no passado. “Aceitei porque mudou o conceito. Não sou obrigada a colocar dedinho na boca”, disparou sem rodeios.</p><p>“A mudança de conceito trouxe uma nova cara para a Playboy e foi aí que me encantei. Hoje a revista convida as mulheres para fazerem o ensaio e elas fazem da forma que querem e mostram o que querem. E é para isso que estamos lutando. Porque o corpo é nosso e fazemos com ele o queremos”, completou.</p><p>“Nada é obrigatório. Agora tem um viés mais poético e de arte, é uma coisa sensual, despida. Você escolhe um fotógrafo, faz um ensaio lindo e você decide o que quer mostrar. E é exatamente isso que me dá tesão de fazer Playboy agora.”</p><p>A bordo de um pretinho básico, Luana ainda conversou sobre sensualidade. “Sensualidade tem a ver com naturalidade. Você consegue se produzir para ser sexy, mas sensualidade não. Você não fica sensual, você nasce”.</p><p>E também confirmou que não recebeu cachê pelo ensaio, que será publicado em abril. “Não teve remuneração Quando você paga, tem aquela coisa de ‘to pagando’. Tem cobrança, isso não é legal. Ninguém me obriga a nada”, disse. “Hoje vou apresentar meus seios pós-mamada de gêmeos. Não tenho medo de críticas. Hoje sou uma ferrari batida”</p><p>Sobre o uso ou não de Photoshop, Luana confessou que pretende fazer um ensaio 100% sem retoques, porém afirmou que serão poucos. “Não tenho nada conta Photoshop. Sou contra o excesso de Photoshop. Assim como sou contra o excesso de plásticas, contra o artificial. Uso Photoshop em casa, mas em coisa muito pequena. Quero fazer a nova “Playboy para mostrar para todo mundo que a mulher bonita é bonita com o peito que ela tem, com o corpo que ela tem”, disse ela, que completa 40 anos em agosto e é mãe de três filhos – Dom, de quase 4 anos, e os gêmeos Liz e Bem, de 5 meses.</p><p>Durante a coletiva, Luana brincou sobre as mudanças em seu corpo em relação aos 20 anos. “É outro corpo. Não tinha a cicatriz, meu peito era irretocável. Hoje vou apresentar meus seios pós-mamada de gêmeos. Não tenho medo de críticas. Hoje sou uma ferrari batida”.</p><p>E o que será que ela pensa sobre os filhos verem o ensaio no futuro. “Meu corpo é meu instrumento de trabalho. Hoje encaro o corpo de uma forma diferente. Não tenho vergonha do que faço. E não acho que quando eles crescerem vão se envergonhar. Vou criar dois grandes homens, respeitosos, nada machistas. E quero que minha filha fique sem a parte de cima do biquíni por muito tempo.”</p><p>Luana também garantiu que o maridão, Pedro Scooby, não vê problemas com o trabalho. “Já fiz outros ensaios casada com ele. Ele me ama, adora me ver bonita e não tem problema em saber que outras pessoas me desejam. Ele sabe que minha escolha é ele. E ele está superfeliz.”</p><p> Luana Piovani no aeroporto antes de embarcar rumo à coletiva de imprensa da ‘Playboy’ (Foto: Reprodução / Instagram)</p><p><strong>A nova ‘Playboy’<br></strong>Pouco antes da entrevista coletiva, a publicação divulgou uma carta à imprensa, em que reafirma o o reposicionamento de seus valores editoriais. Veja um trecho do comunicado:</p><p>“Com o desafio de se manter como a maior revista masculina do país e resgatar seu prestígio, a nova Playboy aposta no reposicionamento dos valores editoriais da marca, atualizando sua filosofia, afinal é preciso acompanhar o progresso da sociedade.</p><p>Na nova Playboy, a mulher não será objeto de nudez, ela terá voz na revista e suas histórias de vida serão valorizadas. A nudez irá sempre existir, o que muda é o tom e o olhar sobre essa estrela.</p><p>Foi pelo prazer de se despir, nesse contexto de novos valores, que a revista conquistou a primeira capa de sua nova fase. Os ensaios não serão mais pagos com cachê porque o corpo da mulher não tem preço. Na nova Playboy, não haverá leilão sobre qual estrela foi mais bem paga, porque nenhuma mulher vale mais que outra.</p><p>As mulheres vão se despir como e o quanto quiserem, porque a nova Playboy defende que a nudez não deve ser comprada: a mulher é parceira e não terá mais obrigatoriedade de exibir nudez frontal. Assim, fica estabelecido que a estrela pode ter acesso a eventuais acordos e contrapartidas não editoriais, sempre articulados pela vice-presidência de Vendas, Marketing e Publicidade.</p><p>A revista, lançada no Brasil pela Editora Abril há 41 anos, retornará às bancas de todo o país em abril e será o primeiro produto apresentado pela nova editora PBB Entertainment, que garante convergência da publicação com site, aplicativos, e-commerce e organização de eventos.</p><p>Os principais valores editoriais da Playboy serão preservados. A missão é celebrar a vida e os seus prazeres, trazendo ensaios fotográficos com mulheres e jornalismo com inteligência, sofisticação e bom humor. Aliado a isso, a PBB aposta no modelo das startups, com uma redação estruturada horizontalmente e mentalidade jovem para fazer a revista.</p><p>Capitaneada pelo publisher André Sanseverino, a equipe será dirigida por uma dupla formada pelo editor-chefe e pela diretora de criação, que representa não somente a co-gestão entre arte e texto no desenvolvimento de um novo projeto editorial e gráfico, como simboliza a união de um homem e uma mulher à frente da nova Playboy.”</p><br>Luana Piovani em coletiva de imprensa da Playboy

1/9 SLIDES © Foto: Reprodução / Instagram

Após uma série de especulações, Luana Piovani foi oficialmente apresentada como a primeira capa da nova ‘Playboy’ Brasil durante uma coletiva de imprensa no Teatro Eva Herz, em São Paulo, na tarde desta quinta-feira (4). A atriz chegou ao local por volta das 15h30 usando orelhas de coelhinha – com as quais já havia posado no aeroporto e postado em seu perfil do Instagram.

Luana contou por que decidiu aceitar o convite da revista, uma vez recusado no passado. “Aceitei porque mudou o conceito. Não sou obrigada a colocar dedinho na boca”, disparou sem rodeios. “A mudança de conceito trouxe uma nova cara para a Playboy e foi aí que me encantei. Hoje a revista convida as mulheres para fazerem o ensaio e elas fazem da forma que querem e mostram o que querem. E é para isso que estamos lutando. Porque o corpo é nosso e fazemos com ele o queremos”, completou. “Nada é obrigatório. Agora tem um viés mais poético e de arte, é uma coisa sensual, despida. Você escolhe um fotógrafo, faz um ensaio lindo e você decide o que quer mostrar. E é exatamente isso que me dá tesão de fazer Playboy agora.”

A bordo de um pretinho básico, Luana ainda conversou sobre sensualidade. “Sensualidade tem a ver com naturalidade. Você consegue se produzir para ser sexy, mas sensualidade não. Você não fica sensual, você nasce”. E também confirmou que não recebeu cachê pelo ensaio, que será publicado em abril. “Não teve remuneração Quando você paga, tem aquela coisa de ‘to pagando’. Tem cobrança, isso não é legal. Ninguém me obriga a nada”, disse. “Hoje vou apresentar meus seios pós-mamada de gêmeos. Não tenho medo de críticas. Hoje sou uma ferrari batida”

Sobre o uso ou não de Photoshop, Luana confessou que pretende fazer um ensaio 100% sem retoques, porém afirmou que serão poucos. “Não tenho nada conta Photoshop. Sou contra o excesso de Photoshop. Assim como sou contra o excesso de plásticas, contra o artificial. Uso Photoshop em casa, mas em coisa muito pequena. Quero fazer a nova “Playboy para mostrar para todo mundo que a mulher bonita é bonita com o peito que ela tem, com o corpo que ela tem”, disse ela, que completa 40 anos em agosto e é mãe de três filhos – Dom, de quase 4 anos, e os gêmeos Liz e Bem, de 5 meses.

Durante a coletiva, Luana brincou sobre as mudanças em seu corpo em relação aos 20 anos. “É outro corpo. Não tinha a cicatriz, meu peito era irretocável. Hoje vou apresentar meus seios pós-mamada de gêmeos. Não tenho medo de críticas. Hoje sou uma ferrari batida”.

E o que será que ela pensa sobre os filhos verem o ensaio no futuro. “Meu corpo é meu instrumento de trabalho. Hoje encaro o corpo de uma forma diferente. Não tenho vergonha do que faço. E não acho que quando eles crescerem vão se envergonhar. Vou criar dois grandes homens, respeitosos, nada machistas. E quero que minha filha fique sem a parte de cima do biquíni por muito tempo.” Luana também garantiu que o maridão, Pedro Scooby, não vê problemas com o trabalho. “Já fiz outros ensaios casada com ele. Ele me ama, adora me ver bonita e não tem problema em saber que outras pessoas me desejam. Ele sabe que minha escolha é ele. E ele está superfeliz.”

Luana Piovani no aeroporto antes de embarcar rumo à coletiva de imprensa da ‘Playboy’ (Foto: Reprodução / Instagram)

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s