Quem você acha que merece levar o título de campeã do Carnaval carioca de 2016? Famosidades fêz a análise e apontou as escolas com chances e as que podem ser rebaixadas.

Carnaval RJ

Carnaval RJ

Há muito tempo o Carnaval carioca não promete uma disputa tão acirrada pelo título. Há mais tempo ainda Portela e Mangueira não chegam, juntas, tão cotadas. Somam-se a elas Salgueiro e Beija-Flor e a premissa é de uma leitura dos votos emocionante, nesta quarta-feira (10) à tarde, na Marquês de Sapucaí.

O Famosidades listou o que cada escola deve esperar desta apuração do Grupo Especial do Rio de Janeiro. É bom lembrar que são quatro jurados por quesito, com a pior nota sendo descartada. Bateria será a única com três julgadores, já que um foi afastado antes do início do primeiro dia de apresentações. A Liesa não explicou ainda o motivo.

Confira abaixo as análises:

1. FAVORITAS

Beija-Flor

Mais uma vez entrou como um rolo compressor na avenida. Uma explosão de dourado encantou o público ao falar sobre a vida do Marquês de Sapucaí. O samba-enredo foi o único a empolgar na primeira noite. Vai brigar pelo bi.

Portela

Nunca o jejum de 32 anos sem título ficou tão perto de acabar. A escola beirou a perfeição na estreia do carnavalesco Paulo Barros e empolgou o público. O grito de “é, campeã” acompanhou a Azul e Branco ao longo da Sapucaí. Alegorias vivas, repletas de inovações, foram o ponto alto da escola de Madureira.

Salgueiro

A escola provou na Sapucaí que o rótulo de favorita recebido no período pré-carnaval fez bem. Ao contar a Ópera do Malandro, empolgou o público com ótimo samba. Foi um desfile grandioso, que terminou nos braços do público.

Mangueira

A Verde e Rosa fechou os desfiles de forma primorosa. Falou sobre Maria Bethânia e incendiou a Sapucaí com uma belíssima performance, volumosa, fazendo a escola voltar aos bons tempos. Foram poucos erros. Mais uma para brigar.

2. PODE SURPREENDER

Unidos da Tijuca

Um desfile extremamente técnico ao falar sobre a terra e o solo com a cidade de Sorriso-MT, sem erros, mas que não encantou. O público reagiu de forma fria, mas o conjunto da escola funcionou. Uma apresentação voltada aos jurados e conversadora, que pode dar resultado.

3. BRIGAM POR VAGA NO DESFILE DAS CAMPEÃS

Imperatriz Leopoldinense

Dona de um dos melhores sambas do ano, a Imperatriz não conseguiu cativar o público ao falar sobre a dupla sertaneja Zezé Di Camargo e Luciano. Porém, não cometeu erros, foi técnica e tem força para retornar no sábado.

Vila Isabel

A escola surpreendeu com o bonito desfile sobre Miguel Arraes, já que teve um problemático pré-carnaval por conta de brigas políticas na agremiação. Se faltou mais beleza plástica, sobrou samba-enredo e chão de sua comunidade.

4. NEM LÁ, NEM CÁ

Grande Rio

A confusa apresentação do enredo sobre a cidade de Santos comprometeu a escola, que veio mais uma vez muito luxuosa. Pelé e Neymar não compareceram, o que fez a Tricolor da Baixada Fluminense perder em carisma

Mocidade

O início do desfile foi impressionante, com gigantescas alegorias. Parecia que a Mocidade voltaria aos bons tempos e lutaria para quebrar o jejum de 19 anos sem título. Porém, as mesmas alegorias complicaram a agremiação, já que passaram de forma lenta por causa do tamanho. A evolução foi muito comprometida e o acabamento deixou a desejar. O último carro estava rasgado, por exemplo.

São Clemente

Mais um desfile irreverente, marca registrada da escola. Cometeu alguns erros, mas que não devem comprometer sua permanência em mais um ano na elite.

5. CORREM RISCOS

União da Ilha

O prometido patrocínio da prefeitura do Rio de Janeiro não saiu. Com isso, a escola, que já não tinha um samba empolgante, perdeu muito em investimento e veio simples, apesar de muito colorida. Alegorias desacopladas e fantasias mal acabadas podem comprometer. O ponto alto foi a comissão de frente, que trouxe atletas paralímpicos do rúgbi e emocionou.

Estácio de Sá

Fez um desfile gostoso em seu retorno ao Grupo Especial após nove anos. No entanto, apesar de ter passado alegre, deixou a desejar em muitos quesitos, como fantasias, alegorias e evolução. Como os jurados costumam ser muitos rigorosos com quem sobe do Acesso, vai lutar pela permanência na apuração. ttp://www.msn.com/pt-br/entretenimento/carnaval/quem-leva-4-escolas-brigam-pelo-t%c3%adtulo/ar-BBpkQpw?li=BBnb8GM&ocid=mailsignoutmd

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s