Eleições: campanhas devem apostar nas redes sociais em 2016

Com menos dinheiro, campanhas devem apostar nas redes sociais em 2016Por Paulo Veras, do Jornal do Commercio

 

Mais baratas, mais curtas e com novas restrições em relação às propagandas de rua, as campanhas eleitorais desse ano devem aproveitar as redes sociais para tentar se aproximar do eleitorado. “A gente tem tido uma experimentação desse calor das redes sociais nessas manifestações que têm acontecido desde 2013. …

TÁ “MADURO” E JÁ DEVERIA TER CAÍDO: Dois terços dos venezuelanos querem fim de presidência de Maduro em 2016

Pesquisa mostra que 63,6% acham que Maduro deveria sair este ano  – Grande maioria, 90,9%, viu situação do país como negativa.

Em meio a protestos, Nicolas Maduro fez comício neste sábado (12), em Caracas (Foto: REUTERS/Carlos Garcia Rawlins)

Em meio a protestos, Nicolas Maduro fez comício em Caracas (Foto: REUTERS/Carlos Garcia Rawlins)

Pouco menos de dois terços dos venezuelanos consideram que a presidência de Nicolás Maduro deve terminar neste ano, à medida que a oposição busca sua renúncia em meio a uma aguda crise econômica, mostrou um levantamento feito por um importante instituto de pesquisa.

O modelo econômico da Venezuela e a queda nos preços do petróleo, maior exportação do país, originaram um desabastecimento de todos os tipos de produtos, de arroz a contraceptivos, assim como uma inflação de três dígitos e uma profunda recessão.

No total, 63,6% dos venezuelanos dizem que Maduro deveria renunciar neste ano ou sofrer um referendo revogatório, contra cerca de 29,3% dos venezuelanos que querem que ele se mantenha no cargo até 2019, quando seu mandato terminará, de acordo com uma pesquisa recebida pela Reuters neste sábado (26).

A grande maioria, 90,9% dos entrevistados pela Datanalisis em fevereiro viu a situação do país como negativa.. Leia mais: http://g1.globo.com/mundo/noticia/2016/03/dois-tercos-dos-venezuelanos-querem-fim-de-presidencia-de-maduro-em-2016.html

ACONTECEU AGORA: Regime sírio retoma toda a cidade de Palmira do Estado Islâmico

Patrimônio mundial, cidade era controlada por jihadistas desde maio de 2015 – Informação foi confirmada pela mídia estatal e por agências de notícias

Forces loyal to Syria's President Bashar al-Assad flash victory signs and carry a Syrian national flag on the edge of the historic city of Palmyra in Homs Governorate, in this handout picture provided by SANA on March 26, 2016. (Foto: SANA/Reuters)

Forças leais ao ditador Bashar al-Assad com a bandeira síria nas cercanias da histórica cidade de Palmira (Foto: SANA/Reuters)

As forças sírias retomaram o controle de Palmira e conseguiu expulsar neste domingo (27) os jihadistas do Estado Isâmico (EI), que haviam conquistado a histórica cidade há cerca de um ano, segundo a mídia estatal síria e a ONG Observatório Sírio para Direitos Humanos.

O Observatório Sírio para Direitos Humanos informou que ainda ouvia-se disparos na parte oriental da cidade na manhã deste domingo (horário local), mas as forças do EI abandonaram a cidade, deixando Palmira sob controle do governo.

“Após violentos combates noturnos, o exército controla totalmente a cidade de Palmira, inclusive a parte antiga e a parte residencial”, disse uma fonte militar à agência de notícias France Presse.

As unidades de engenharia do exército estão desativando dezenas de bombas e minas no interior da cidade antiga, onde se encontram numerosos tesouros históricos, em parte destruídos pelo grupo ultra-radical, segundo esta fonte.

Segundo o Observatório Sírio, mais de 400 jihadistas e ao menos 180 membros das forças do regime sírio morreram durante os combates por Palmira, que se iniciaram em 7 de março. O Observatório Sírio é uma ONG que conta com uma rede de voluntários pelo país.

As forças terrestres contaram com o apoio de aviões e helicópteros sírios e russos e artilharia, que bombardearam posições do Estado Islâmico na cidade. O presidente russo,Vladimir Putin, é o maior aliado do ditador sírio, Bashar Al-Assad. veja a matéria completa: http://g1.globo.com/mundo/noticia/2016/03/regime-sirio-reconquista-palmira-do-estado-islamico.html

OS MOTIVOS DA 23ª OPERAÇÃO LAVA JATO. VEJA

Carta da mulher de Santana motivou 23ª fase da Lava Jato: PF achou bilhete de Monica Moura a engenheiro operador de esquema.

Ela indicou conta secreta no exterior para transferência de dinheiro.

A 23ª fase da Lava Lato, deflagrada nesta segunda-feira (22), surgiu a partir de documentos apreendidos na 9ª etapa da operação. Entre eles, estava uma carta de Monica Moura, mulher e sócia do marqueteiro João Santana, endereçada ao engenheiro Zwi Skornicki, apontado como um dos operadores do esquema de corrupção na Petrobras

Na carta, havia um contrato entre a offshore (empresa no exterior) Shellbill Finance S.A., que aPolícia Federal acredita ser dos publicitários, e uma offshore ligada à Odebrecht, uma das empreiteiras investigadas na Lava Jato. O texto diz que não há cópias eletrônicas do contrato(veja abaixo).

Investigadores suspeitam que João Santana, que atuou em campanhas eleitorais do PT, foi pago com propina de contratos da Petrobras. Ele teria recebido US$ 7,5 milhões entre 2012 e 2014, por meio de uma conta secreta na Suíça.

Bilhete escrito pela esposa de João Santana sobre dados de contas bancárias (Foto: Reprodução)Bilhete escrito pela esposa de João Santana sobre dados de Contas bancárias (Foto: Reprodução)

Veja a transcrição completa:

Zwi/Bruno
Mando cópia do contrato que firmei com outra empresa como modelo. Acho que o nosso pode ser simplificado, este é muito burocrático, mas vcs que sabem.
Apaguei, por motivos óbvios, o  nome da empresa. Não tenho a cópia eletrônica, por segurança.
Espero notícias.
Segue também os dados de minha conta com duas opções de caminhos. Euro ou dólar. Vcs escolhem o melhor.
Grata.
Abs.
Mônica Santana

A carta indicou números de contas do Citibank em Nova York e em Londres, que correspodiam a uma conta na Suíça. O banco permitia operações em dólar e euro por meio de contas conveniadas nos Estados Unidos e no Reino Unido. “O dinheiro foi depositado através dessas contas correspondentes, mas o beneficiário final foi a sua conta na Suíça”, disse Filipe Pace, delegado da PF.

leia a matéria completa:  http://g1.globo.com/politica/operacao-lava-jato/noticia/2016/02/leia-carta-que-motivou-23-fase-da-operacao-lava-jato.html

SE NÃO BASTASSE OS BANDIDOS DE COLARINHO BRANCO, TEMOS QUE CONVIVER NO BRASIL COM OS BANDIDOS DE CLASSE MÉDIA. VEJA

Universitário rende taxista com caco de vidro e rouba carro no ES – Jovem de 23 anos foi preso após o assalto, em Guarapari – Ele mora de frente para o mar da Praia da Costa.

Iara DinizDe A Gazeta

Universitário foi preso após roubar carro de taxista em Guarapari, neste sábado (26) (Foto: Ricardo Vervloet/ A Gazeta)

Universitário foi preso após roubar carro de taxista em Guarapari, neste sábado (26) (Foto: Ricardo Vervloet/ A Gazeta)

Um universitário de 23 anos usou um caco de vidro para render um taxista e roubar o carro dele. O motivo do crime seria o vício em drogas. O caso aconteceu na Rodovia do Sol, emGuarapari, na manhã deste domingo (26). O jovem foi preso após ser rastreado pelo aparelho de GPS do veículo.

Veja mais no site: http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2016/03/universitario-rende-taxista-com-caco-de-vidro-e-rouba-carro-no-es.html

COLUNA DE GERSON CAMAROTTI: PMDB do Rio avisa que vai desembarcar do governo Dilma

O PMDB do Rio de Janeiro avisou para integrantes do comando nacional do partido que vai desembarcar do governo Dilma Rousseff. Mesmo assim, alguns integrantes do partido devem votar pela permanência da legenda no governo, como o líder da bancada, deputado Leonardo Picciani (PMDB-RJ). Isso porque ele recebeu o apoio do Palácio do Planalto para sua recondução no comando da bancada.

O PMDB do Rio representa cerca de 10% do diretório nacional do partido. Isso deve dificultar ainda mais a situação do governo, que já reconhece que o PMDB vai deixar a base aliada. Emissários do Planalto agora tentam um acordo para manter no governo os ministros. Seria uma forma de conseguir alguns votos na bancada contra o impeachment. A reunião do diretório nacional que vai definir o destino do partido foi agendada para terça (29).

Avelino Freire – O mundo não sabe da verdadeira história dessa administração vacilante do Governo Dilma. Muitos países, principalmente da América do Sul, tentam interferir na política interna do Brasil, mas, vocês precisam saber que a população não aguenta mais os desvios de recursos públicos para benefícios pessoais da classe política. Os movimentos sociais vão às ruas defender o governo da presidente, porque também estão comprometidos com esse estado de coisa. Esses movimentos, se alimentam também da corrupção, enchem ônibus com uma militância paga para dar volume de gente nas manifestações pró  Dilma. O derrame de dinheiro vindo da corrupção é grande…. desembarque dessa idéia  de querer defender um governo corrupto !!